preloader

Copa do Mundo: Schurter campeão; Avancini em histórico 3º lugar

  • Postado em 09/09/2019

Lars Forster vence etapa da Copa do Mundo pela 1ª vez Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/UCI

O suíço Lars Forster, companheiro de equipe de Nino Schurter na Scott-Sram, venceu neste domingo (8 de setembro) a etapa final da Copa do Mundo de MTB, disputada em Snowshoe, nos Estados Unidos. Em sua primeira vitória na competição, Forster ultrapassou Schurter na reta final e o campeão mundial suíço, que terminou em 2º lugar, teve que adiar a quebra do recorde de 33 vitórias em Copa do Mundo de Julien Absalon para 2020.

Maxime Marotte, companheiro de Henrique Avancini na equipe Cannondale Factory Racing, foi o 3º colocado, a 7 segundos de Forster, com o brasileiro em 4º lugar, a 8 segundos.

Marotte em 3º, com Avancini em 4º

Avancini fez uma corrida consistente, largou na frente e, na segunda volta, junto com o também brasileiro Luiz Henrique Cocuzzi (Lar Nossa Senhora), seguiu na ponta, com Schurter na 3ª posição. Na quarta volta, Avancini atacou, Schurter respondeu, mas o suíço teve que fazer uma troca de pneu na 5ª volta e Avancini, sozinho, chegou a abrir 23 segundos de vantagem.

Aos poucos o brasileiro foi perdendo terreno e foi alcançado na metade da 7ª volta; Schurter e Forster encostaram, ultrapassaram e aumentaram a vantagem. Na entrada da última volta, Manuel Fumic, companheiro de equipe de Avancini, sofreu uma queda. Na volta final, Avancini passou a brigar para segurar a 3ª colocação. 

Schurter é o campeão da Copa do Mundo pela 7ª vez

“Foi uma etapa dura, mas é ótimo ver o Lars vencer depois de uma temporada difícil”, disse Schurter, referindo-se à lesão no joelho que o companheiro enfrentou após uma queda na etapa de Albstadt, na Alemanha, no começo da competição. “Tive o furo do pneu, mas fiquei calmo e voltei rápido. Foi uma corrida emocionante”, completou.

Na classificação geral da Copa do Mundo, Schurter conquistou o título de campeão pela sétima vez, com 1.995 pontos, com Mathieu Van der Poel (Corendon Circus), que não disputou a etapa, em 2º lugar, com 1.649 pontos, e Avancini em 3º, com 1.565 pontos, um resultado histórico para o brasileiro, que na temporada anterior encerrou em 4º lugar.

Entre os brasileiros, Luiz Henrique Cocuzzi terminou em 34º lugar e Rubens Valeriano em 72º.

 

Na Elite das mulheres, a vencedora foi a francesa Pauline Ferrand-Prevot (Canyon Factory), nova campeã mundial. A holandesa Anne Terpstra (Ghost Factory) ficou em 2º, a 4 segundos, e a britânica Annie Last (KMC) em 3º, a 27 segundos.

Duas brasileiras estavam na disputa: Jaqueline Mourão, que terminou em 42º lugar, e Viviane Favery, que encerrou na 54ª colocação.

Pauline Ferrand-Prevot na vitória da etapa final

Na classificação geral final, a campeã da Copa do Mundo de MTB foi a norte-americana Kate Courtney (Scott-Sram), que encerrou com 1.772 pontos. A suíça Jolanda Neff (Trek), que liderava, teve problemas na etapa e acabou em 2º lugar, com 1.742 pontos. Pauline Ferrand-Prevot ficou em 3º, com 1.575 pontos.

Resultados completos aqui


Compartilhar: