preloader

COM FESTA, HENRIQUE AVANCINI VENCE PENÚLTIMA ETAPA DA BRASIL RIDE

  • Postado em 25/10/2019

CAMPEÃO GERAL DA 10ª EDIÇÃO DA ULTRAMARATONA DE MOUNTAIN BIKE SERÁ DEFINIDO NO SÁBADO (26), EM ARRAIAL D’AJUDA

Henrique Avancini é o primeiro a cruzar a linha de chegada da sexta etapa da Brasil Ride (Josué Fernandez / Brasil Ride)

Diante de muitos aplausos e gritos de incentivo da torcida, o brasileiro Henrique Avancini cruzou a linha de chegada da penúltima etapa da Brasil Ride, nesta sexta-feira (25), em Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro. Ele venceu a prova ao completar os 32,4 km em 1h24min08 no único dia em que as duplas não precisavam correr juntas.

Emocionado, o atleta de 30 anos nascido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, não economizou na comemoração. “Hoje eu corri pela etapa. Sinceramente, hoje eu deixei a geral de lado. Era uma etapa que eu nunca tinha vencido e eu queria muito ganhar, porque o carinho e o apoio que eu recebo da galera aqui é surreal e eu queria dar um espetáculo pra eles”, afirmou Henrique Avancini.

Tricampeão da Brasil Ride, principal ultramaratona de mountain bike das Américas e segunda do mundo, Avancini fez questão de festejar com a torcida no pódio e posar para fotos e selfies. “Sensação de retribuição, porque eu sei que muitas dessas pessoas vieram aqui para me ver pedalando, é o meu jeito de dizer ‘obrigado’, fazer o meu melhor e, quando o meu melhor é melhor do que o dos outros, eu fico ainda mais contente”, disse, em meio a risos.

“Isso inspira as pessoas. Queria muito ganhar essa etapa e era uma questão de honra mesmo, competir bem em casa, na frente da minha gente. Larguei com muito comprometimento para vencer essa etapa”, disse. O dinamarquês Sebastian Fini foi o segundo colocado com o tempo de 1h24min37. O holandês Hans Becking chegou em terceiro após 1h25min28.

Apesar da vitória individual desta sexta-feira, Avancini reconhece que não é o favorito a erguer o troféu da Brasil Ride após a sétima e última etapa, que será disputada na manhã de sábado (26), também com largada e chegada em Arraial d’Ajuda. No acumulado geral, ele e seu parceiro, o alemão Manuel Fumic, estão atrás da dupla formada pelo português Tiago Ferreira e o holandês Hans Becking, da DMT Racing Team.

A diferença da parceria germano-brasileira da Cannondale Factory Racing XC para os rivais é de oito minutos. “Em nenhuma prova na minha vida eu parei de fazer força antes da linha final e não vai ser diferente amanhã. A situação é complicada, muito difícil, mas é sempre uma questão de honra competir com seriedade, até pra honrar os vencedores. Faço questão de forçar até os últimos metros”, prometeu Avancini.

NA BOA

Se o brasileiro Henrique Avancini pretende forçar ao máximo na última prova, Tiago Ferreira vai adotar estratégia bem diferente. O português conta que ele e o parceiro pretendem não correr riscos para assegurar o título.

“Eu acho que amanhã vai ser um dia bastante perigoso, porque eu tenho a certeza que a dupla da Cannondale vai atacar do início até o fim. Há um gap de mais de oito minutos, por isso, nós não estamos interessados na vitória da última etapa, estamos interessados na vitória geral da Brasil Ride e será esse o nosso objetivo. Não sabemos qual será a tática deles, então nós vamos fazer o nosso dia da forma mais tranquila possível, para não ter problemas com as bicicletas e não ter quedas”, revelou.

FEMININO 

Assim como no masculino, o título da categoria feminina também está encaminhado. A dupla formada pelas brasileiras Viviane Favery e Tania Clair (Cannondale Brasil Racing/Soul Cycles) lideram com folga no acumulado das seis etapas já disputadas. A diferença delas para as compatriotas Jaqueline Mourão e Danilas Ferriera (Sense Factory Racing/Tropix Brasil) é de 24 minutos.

Viviane Favery é a campeã da sexta etapa da Brasil Ride (Josué Fernandez / Brasil Ride)

“Amanhã não tem segredo, não tem o que arriscar. É guardar a liderança pra gente cruzar a linha de chegada feliz. Terminar a Brasil Ride não é pra qualquer um, é muito difícil, e vencer a Brasil Ride é pra contar história para os netos”, vibrou Viviane Favery, vencedora da sexta etapa com o tempo de 1h26min23.

“Eu tô muito emocionada e muito feliz, porque é minha última prova do ano e conseguir essa vitória na frentd de toda essa galera, desses atletas incríveis, internacionais e brasileiros, tem um significado muito especial pra mim e eu nunca vou esquecer o dia de hoje”, festejou Favery. Danilas Ferria da Silva foi a segunda colocada, por completar a prova em 1h27min58, e Letícia Candido ficou com o terceiro lugar após 1h28min59.

Fonte: https://www.correio24horas.com.br


Compartilhar: