preloader

Após concessão, SP-294 terá 33 km de ciclovias

  • Postado em 18/03/2019

Após concessão, SP-294 terá 33 km de ciclovias: cinco cidades se unem e fazem pedido conjunto. Tupã está entre as cinco

A minuta do edital de concessão da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294) prevê a construção de 33 km de ciclovias, em sua extensão. A previsão de ciclovia está descrita na Lei nº 10.095, de 26 de novembro de 1998, que dispõe sobre o Plano Cicloviário do Estado de São Paulo, regulamentada pelo Decreto n° 63.881, de 3 de dezembro de 2018.  

A iniciativa ganhou reforço com a adesão dos prefeitos dessas cidades e do deputado estadual Mauro Bragato. Os representantes dessas cidades, junto com o parlamentar estadual, se reuniram com os representantes da ARTESP, que tiveram conhecimento sobre o pedido conjunto e orientaram que as solicitações, protocoladas na mesma data durante a audiência pública, sejam cadastradas no site da Agência, no espaço da consulta pública.

Um dos critérios para seleção de trechos que possam receber as ciclovias, junto à SP-294, no projeto de concessão, é a existência da prática bem como o cenário de riscos. No caso do trecho que atende as cinco cidades, há grande incidência de ciclistas, em deslocamentos de lazer e trabalho. E em relação a riscos, há inclusive casos de atropelamento e morte.

Essa previsão de 33 km de ciclovias que consta na minuta do edital de concessão da SP-294, despertou o interesse de um grupo de vereadores das Câmaras Municipais de Adamantina, Lucélia, Inúbia Paulista, Osvaldo Cruz e Parapuã, que se mobilizaram e apresentaram pedido junto aos representantes da ARTESP (Agência de Transportes do Estado de São Paulo) na audiência pública realizada nesta terça-feira (12) em Osvaldo Cruz. O trecho entre as duas extremidades – Adamantina e Parapuã – é de 33 km.

Fonte -  https://portal.maistupa.com  


Compartilhar: