preloader

Paraciclismo brasileiro conquista prata e bronze no contrarrelógio do Parapan de Lima

  • Postado em 30/08/2019

Equipe brasileira já soma cinco medalhas na competição. Lauro Chaman e Eduardo Pimenta foram os medalhistas nesta sexta-feira (30/08)

Lauro no pódio Crédito: Divulgação

O Brasil subiu duas vezes no pódio da prova de Contrarrelógio disputada nesta sexta-feira, nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019. As medalhas foram conquistadas pelos atletas Lauro Chaman, da categoria C1-5, e Eduardo Pimenta, da Handbike, prata e bronze, respectivamente.

Lauro completou o percurso de 31,2km da categoria C1-5 com o tempo de 41min18s624. A medalha de ouro foi conquistada pelo peruano Rimas Hilario, que fez a prova em 40min19s951. O colombiano Diego Duenas completou o pódio com 41min54s071. O Brasil ainda teve Luís Steffens na 12 colocação, Soelito Gohr em 13 lugar, Carlos Alberto na 15 posição e André Grizante em 17 lugar.

Na disputa da categoria Handbike H1-5, o brasileiro Eduarmos Ramos Pimenta confirmou a excelente fase e conquistou a medalha de bronze inédita para a modalidade nesta categoria. Eduardo percorreu os 19,6km do percurso em 31min50s36, ficando menos de 30 segundos atrás do canadense Matthew Kinnie, medalhista de ouro com 31min17s880. O americano Brandon Lyons marcou 31min41s972 e garantiu a medalha de bronze. Maurício Soares completou a prova na 8 colocação.

Entre as mulheres, a equipe brasileira marcou presença na prova Tandem B, onde conquistou a quarta colocação com as atletas Márcia Fanhani e Cristiane Silva (Piloto), e 11 lugar com Gilce Duarte e Lorena Oliveira (Piloto). Na categoria feminina C1-5, o Brasil contou com Ana Montenegro má 8 colocação, Telma Alves em 11 lugar e Samirian Grimberg na 12 colocação.

No próximo domingo (1/09) acontecem as provas de resistência. Os resultados completos e a programação detalhada podem ser acessados no site https://www.lima2019.pe/resultados

Assessoria de Comunicação - CBC


Compartilhar: