preloader

Memorial Santos finaliza brasileiro de Pista com 12 medalhas

  • Postado em 08/04/2019

A Memorial-Santos/FUPES finalizou neste Domingo, 7, o Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista, realizado no Velódromo Municipal de Indaiatuba, entre os dias 4 e 7. A equipe disputou na Elite e no Paraciclismo e somou um total de 12 medalhas, sendo seis medalhas de ouro,três pratas e três bronzes.

Taise Benato conquistou a primeira medalha de ouro do Campeonato (Foto: Luis Claudio Antunes)

O time masculino conquistou a medalha de prata na Velocidade por equipes, com os atletas Luiz Amorin, Lauro Chaman, Caio Santana e Rafael Braga; João Vitor Silva faturou duas medalhas de bronze, uma na Keirin e uma na Velocidade Individual; Lauro Chaman, atleta da Elite e Paraciclismo, faturou cinco medalhas: Ouro na Scratch, prata na Madson e na perseguição por equipes. No Paraciclismo o atleta faturou mais duas medalhas de ouro, nas provas de Scratch e Perseguição individual.

O experiente Lauro Chaman conquistou cinco medalhas no Brasileiro; só de ouro foram três!
(Foto: Luis Claudio Antunes)

No feminino, Taise Benato conquistou a primeira medalha do Campeonato, o ouro na prova de perseguição Individual. Taise e Cris Silva ficaram com a prata na Madson. Marcela Sodré e Maria Muller faturaram o bronze na velocidade por equipes, e no paraciclismo, Márcia Fanhani e a piloto Cris Silva faturaram duas medalhas de ouro, na prova de 1 Km contrarrelógio e perseguição individual.

Márcia Fanhani e a piloto Cris Silva, ouro nas provas de 1 Km CRI e perseguição individual.

Cláudio Diegues, técnico da equipe, comentou a participação da Memorial-Santos/FUPES no Campeonato Brasileiro de Pista: "Saímos de mais um brasileiro de pista com os objetivos mais que alcançados, bons resultados, boas performances e sempre com nossos atletas brigando por medalhas e melhorando suas performances".

Claudio Diegues (centro) e o auxiliar técnico Fábio Leme auxiliando nas provas do masculino (Foto: Luis Claudio Antunes)

Participando de uma temporada na Europa, a equipe feminina precisou ir desfalcada para a competição, comentou o técnico Cláudio: "Nossa equipe feminina esteve bastante desfalcada, porém não menos competitiva e consciente de suas ambições". O técnico também comentou sobre os atletas mais experientes no masculino: "No masculino, os experientes Lauro Chamam e Luiz Amorim guiaram perfeitamente nossos Sub-23 para os melhores resultados".

O Campeonato reuniu as melhores equipe e atletas do pais, deixando as disputas ainda mais acirradas. As outras medalhas foram conquistadas pelas equipes de Taubaté, que faturou seis medalhas, Funvic, com três medalhas, Rio de Janeiro com duas, Rio Claro com quatro e Maringá com três.

Sobre o Ciclismo de Pista

O ciclismo de pista é derivado do ciclismo de estrada, porém é disputado em um local especifico para esta modalidade, conhecido como velódromo. É a modalidade do ciclismo onde há mais medalhas em disputas, já que se trata de 12 provas (Perseguição Individual e por equipes, Velocidade Individual e por equipes, Scratch, Keirin, Madson e Ominium, que engloba as provas de Scratch, Tempo Race, eliminação e pontos - cada prova com seu campeão), o que permite vários campeões da mesma modalidade no mesmo evento e categoria.

Sobre a equipe

A Equipe Memorial-Santos/Fupes tem o patrocínio da Memorial Necrópole e Prefeitura de Santos através da Fundação Pró Esporte de Santos, co-patrocinio de Espaçolaser Depilação, Unisanta, Penks Vestuário e Mauro Ribeiro Suporte além do apoio de Bontrager, Kode, Clínica Move e Suporte Comunica.

 


Compartilhar: