Prorrogação será até o dia 1º de junho, tornando o período compatível com a vigência estabelecida pela União Ciclística Internacional (UCI).

Confira a nota divulgada pela CBC

A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) comunica a prorrogação da suspensão do calendário nacional até o dia 1º de junho, tornando o período  compatível com a vigência estabelecida pela União Ciclística Internacional (UCI) a esse respeito, uma vez que as conseguencias dessa medida têm impacto em todo o cenário do ciclismo mundial.

Com isso, todas as prerrogativas do comunicado anterior, que havia informado a suspensão do calendário até 30 de abril, foram mantidas e ampliadas. O novo comunicado intensifica fortemente o enfrentamento da pandemia e permanece seguindo  todas as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde, do Comitê Olímpico do Brasil (COB), do Comitê Paralímpico Brasileiro, da União Ciclística Internacional (UCI) e demais órgãos envolvidos no combate ao coronavírus.

Desta forma, as competições afetadas pela medida, poderão ser adiadas mediante o agendamento de data futura ou canceladas sem maiores prejuízos para os seus organizadores. O adiamento dos eventos poderá ser solicitado através do e-mail: [email protected], encaminhado para o departamento técnico, que analizará cada caso de forma individual. As solicitações, porém, devem respeitar as seguintes ordens de prioridade de datas:

– Campeonatos Nacionais;

– Eventos que já estão programados dentro da data;

– Eventos Internacionais (Classe mais alta para mais baixa);

– Eventos Nacionais (Classe mais alta para mais baixa).

Nesse contexto, existem ainda algumas restrições com relação a realização de provas da mesma classe e no mesmo dia. Para as classes mais altas, adotaremos o critério que estabelece a sua realização em um raio máximo de 500 km entre elas. Já para as provas com classes mais baixas (classe 2 no MTB, classe 4 na Estrada e classe de pontuação promocional no Paraciclismo) não será permitida a sua realização dentro do mesmo Estado.

Essas decisões buscam a segurança de toda a comunidade ciclística, além de preservar a integridade e o princípio de igualdade entre os atletas. Seguimos atentos e acompanhando a situação de perto e qualquer nova determinação estaremos comunicando imediatamente através dos nossos canais.

Sobre o autor

Avatar

Imprensa FPC

Deixe um comentário