Houve pedidos para criar um espaço extra protegido para os ciclistas durante a pandemia no Reino Unido, seguindo o exemplo de cidades como Berlim.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou orientações sobre como se deslocar durante o surto de Covid-19. Defendendo o ciclismo e a caminhada para limitar o contato físico para prevenir e retardar a pandemia.

O informe da OMS:

Enquanto cidades ao redor do mundo estão introduzindo uma ampla gama de medidas para limitar contatos físicos para prevenir e desacelerar a pandemia do COVID-19. Muitas pessoas ainda precisam se deslocar pelas cidades para alcançar seus locais de trabalho quando possível, atender às necessidades diárias essenciais ou prestar assistência a pessoas vulneráveis.

“Sempre que possível, considere andar de bicicleta ou caminhar: isso fornece distanciamento físico, ajudando a atender ao requisito mínimo de atividade física diária, que pode ser mais difícil devido ao aumento do teletrabalho e ao acesso limitado ao esporte e outras atividades recreativas.” por fim diz a Organização Mundial da Saúde

Com os aspectos positivos inerentes ao ciclismo durante o surto, e o fato de muitos confiarem em bicicletas para se deslocar, incluindo trabalhadores essenciais. Houve pedidos para criar um espaço extra protegido para os ciclistas durante a pandemia no Reino Unido, seguindo o exemplo de cidades como Berlim.

No Brasil

Contudo medidas extremas neste momento não foram tomadas. Atualmente no país as autoridades do governo recomendam o afastamento social como forma de conter a disseminação em massa da doença e o fechamento do comércio não essencial. Loja de bicicletas podem permanecer abertas seguindo as recomendações de segurança sanitária.

Fonte: bikeaospedacos.com.br

Sobre o autor

Avatar

Imprensa FPC

Deixe um comentário