A 75ª edição da Volta a Espanha terá 18 etapas e não as usuais 21 etapas, confirmou a organização. A corrida, de 20 de outubro a 8 de novembro, não vai mais cruzar a fronteira com Portugal, como estava previsto anteriormente. A mudança foi solicitada por causa da pandemia coronavírus.

Com a mudança no trajeto, a Vuelta 2020 ficará mais difícil na terceira semana, já que duas etapas com provável chegada em sprint em Portugal foram substituídas por etapas nas montanhas do Oeste espanhol

A 15ª etapa, que deveria seguir para o sul, da cidade galega de Mos, para o Porto, a segunda maior cidade de Portugal, agora terminará na cidade espanhola de Puebla de Sanabria, no noroeste da Espanha. Com 234 quilômetros, a etapa terá quatro subidas de categoria 3, mas o terreno ondulado e o provável mau tempo que predomina na área no outono serão dificuldades extras.

“A julgar pelo tipo de rota e pela extensão da etapa, será um dia favorável para as escapadas”, explicou Fernando Escartín, diretor técnico da Vuelta . “É um terreno sinuoso e será difícil para o pelotão controlar os escapados. Além disso, ao contrário do que aconteceu em 2016, desta vez Puebla de Sanabria estará na última semana da corrida, o que significa que as equipes terão muito menos energia”, completou.

A 16ª etapa vai levar o pelotão às montanhas remotas da Sierra de Francia, com uma subida de categoria 2 no meio do percurso e o Alto de Robledo, de categoria 1, a 35 quilômetros do final. “A subida a Robledo deverá criar uma seleção natural no pelotão. É provável que um grupo reduzido, composto por 30 a 40 ciclistas, chegue junto. Os ciclistas que lutam pela classificação geral terão que se concentrar, pois um erro tão próximo do final pode custar caro ”, alerta Escartín.

A 17ª etapa, ao invés de começar na cidade portuguesa de Viseu, começará na cidade universitária espanhola de Salamanca, mas terminará – como planejado – na cidade fronteiriça espanhola de Ciudad Rodrigo.

Vale destacar que Puebla de Sanabria e Salamanca já receberam a Vuelta em edições passadas. A localidade de Zamoran foi a linha de chegada da 7ª etapa da edição de 2016 e Salamanca já recebeu 21 largadas, sendo a mais recente em 2018.

A Volta a Espanha, que terá percurso total de 2892,2 km, larga de Irún, no dia 20 de outubro, com uma etapa em linha com a meta no Alto de Arrate, e terminará em Madrid, dia 8 de novembro. Permanecem no percurso o Col du Tourmalet antes do primeiro dia de descanso e o Angliru, antes do segundo dia de descanso.

AS ETAPAS

  • Etapa 1 – 20 de outubro – Irun Arrate – Eibar – 171 km (média montanha)
  • Etapa 2 – 21 de outubro – Pamplona – Lekunberri – 151 km (média montanha)
  • Etapa 3 – 22 de outubro – Laguna Negra – Vinuesa – 163,8 km (média montanha)
  • Etapa 4 – 23 de outubro – MGarray Numancia – Ejea de los Caballeros 190 km (plana)
  • Etapa 5 – 24 de outubro – Huesca – Sabiñánigo 185,5 km (média montanha)
  • Etapa 6 – 25 de outubro – Biescas – Col du Tourmalet 136,6 km (montanha)
  • 26 de outubro – Dia de descanso
  • Etapa 7 – 27 de outubro – Vitoria-Gasteiz – Villanueva de Valdegovia 160,4 km (média montanha)
  • Etapa 8 – 28 de outubro – Logroño – Alto de Moncalvillo 164,5 km (montanha)
  • Etapa 9 – 29 de outubro – Castrillo del Val – Aguilar de Campoo 163,6 km (plana)
  • Etapa 10 – 30 de outubro – Castro Urdiales – Suances 187,4 km (plana)
  • Etapa 11 – 31 de outubro – Alto de La Farrapona – Lagos de Somiedo 170,2 km (montanha)
  • Etapa 12 – 1 de novembro – La Pola Llaviana – Alto de L’Angliru 108,5 km (montanha)
  • 2 de novembro – Dia de descanso
  • Etapa 13 – 3 de novembro – Muros Mirador de Ézaro – Dumbría 33,7 km (contrarrelógio individual)
  • Etapa 14 – 4 de novembro – Lugo – Ourense 205,8 km (média montanha)
  • Etapa 15 – 5 de novembro – Mos – Puebla de Sanbria 234,6 km (média montanha)
  • Etapa 16 – 6 de novembro – Salamanca – Ciudad Rodrigo – 162 km (média montanha)
  • Etapa 17 – 7 de novembro – Sequeros – Alto de La Covatilla – 178,2 km (montanha)
  • Etapa 18 – 8 de novembro – Hipódromo de la Zarzuela – Madrid 125,4 km (plana)

Fonte: Bike Magazine

Sobre o autor

Avatar

Imprensa FPC

Deixe um comentário