Qual a dica de segurança que você considera ser de vital importância para um ciclista?

Assim como vemos um aumento do número de ciclistas, percebemos também um aumento do número de acidentes envolvendo os ciclistas.

Foto: Divulgação

Os dados estatísticos não podem ser apresentados aqui de maneira verídica, no entanto, os relatos cada vez mais frequentes nos chegam aos ouvidos e pela internet de uma forma triste e preocupante.

Dentre esses vários acidentes, há casos de ciclistas iniciantes e também de experientes. Infelizmente, um dos vilões é a negligência dos envolvidos por querer fazer alguma manobra mais difícil com a bike, passar no meio de dois ciclistas sem avisar, trocar de faixa sem olhar para trás, não utilizar boa iluminação ao descer lugares acidentados no pedal noturno ou até por conversar muito perto com outro ciclista.

Algumas dessas negligências acima citadas fizeram com que alguns amigos e parceiros do ciclismo parassem no hospital e, em alguns casos, precisassem até de cirurgia.

Em outros casos, mesmo avisados sobre mata-burros, buracos, locais de difícil trânsito ou trechos com possível presença de animais, alguns não tomaram os devidos cuidados e se aventuraram demais.

Mas podemos evitar esses tombos que prejudicam o próprio ciclista ou até mesmo o companheiro que pedala por perto. Vou descrever algumas dicas que ouvimos muito nas trilhas ou depois que acontecem os acidentes, e sobre os quais nos questionamos várias vezes:

1 – Sempre ir para as trilhas com todos os acessórios de proteção e a bike regulada.

2 – Ao pedalar à noite, levar um farol de boa iluminação.

3 – Sempre ouvir o mais experiente e não abusar da bike.

4 – Em passeios com muitos ciclistas, na troca de faixa ou de direção, sempre olhar para os lados e para trás.

5 – Quando quiser passar algum ciclista, avise. Não tente passar no meio de dois ciclistas sem avisar. Prefira sempre ultrapassar pela esquerda, como manda na regra de trânsito, que é como estamos acostumados.

6 – Manter distância quando for conversar com outro ciclista para o guidão da bike não subir no outro e alguém ir para o chão.

7 – Não descer rápido demais lugares que não conhece direito, independentemente do tempo seco ou chuvoso.

8 – Não tentar pular algum mata-burro ou obstáculo que não tenha 100% de certeza que irá conseguir, ou até atravessá-lo de lado como muitos fazem.

9 – Em descidas de certa velocidade, manter a distância do ciclista da frente, pois assim caso algum venha a cair, há tempo para desviar do acidente.

10 – Sempre levar um celular caso necessite de socorro rápido.

O mais importante é que você tenha consciência de grupo e, principalmente, tenha cuidado com sua segurança e a segurança do seu companheiro de ciclismo. Afinal, enfrentamos terra, chuva e todas as condições que o tempo nos impõe para nos divertir e confraternizar em grupo. Seja um ciclista consciente!

Fonte: Revista Bicicleta

Sobre o autor

Avatar

Imprensa FPC

Deixe um comentário