Primoz Roglic mantém a amarela.

Tadej Pogacar (UAE Emirates) conquistou sua segunda vitória em etapa do Tour de France 2020, neste domingo (13 de setembro), ao terminar logo à frente da camisa amarela Primoz Roglic (Jumbo-Visma) no topo do Grand Colombier, em um dia em que as esperanças de Egan Bernal de repetir seu triunfo de 2019 evaporaram. Richie Porte (Trek-Segafredo) foi o 3º, a 5 segundos.

Roglic protegido pela equipe

A equipe Jumbo-Visma dominou a 15ª etapa, a última etapa da segunda semana do Tour. Com o líder Roglic, os ciclistas aceleraram até o final do trecho de 17,4 km nas montanhas da cadeia Jura. A equipe Ineos perdeu o ritmo a cerca de 13 km do topo do Grand Colombier e Bernal cruzou a mais de 7 minutos, praticamente encerrando os planos de defender o título.

Nairo Quintana (Arkea-Samsic) e Guillaume Martin (Cofidis) perderam mais de três minutos quando um grupo de 12, um quarto dos quais eram Jumbo-Visma, sobreviveu no quilômetro final. Excluindo um breve ataque de Adam Yates (Mitchelton-Scott) com 7 km para o fim, as únicas acelerações reais surgiram à vista dos segundos de bônus da meta.

Pogacar mais uma vez exibiu sua boa forma a pouco mais de 100 metros do final e Roglic, embora capaz de reagir, se contentou com o 2º lugar. Na classificação geral, Pogacar manteve a segunda colocação, a 40 segundos do compatriota esloveno Roglic. O colombiano Rigoberto Uran (EF Education First) está em 3º, 1min34s.

“A Jumbo deu um ritmo realmente alto durante todo o dia e tornou a etapa muito difícil. Estou muito feliz por vencer novamente. Do meu ponto de vista, não fazia sentido atacar”, disse Pogacar.

Antes do dia de descanso desta segunda-feira e dos Alpes na última semana, a etapa, que contou com duas escaladas de primeira categoria – Montée de la Selle de Fromentel (11,1 km a 8,1 por cento) e Col de la Biche (6,9 km a 8,9 por cento ) – à frente do grande final no Colombier, alterou significativamente as expectativas. A batalha pela camisa amarela está cada vez mais parecendo um duelo de dois eslovenos. Roglic continua no comando, com uma equipe extremamente forte ao seu redor, mas Pogacar mais uma vez mostrou que tem forma e tenacidade para desafiar na última semana.

TOP 10 DA ETAPA

1 Tadej Pogacar (Slo) UAE Team Emirates 04:34:13
2 Primoz Roglic (Slo) Team Jumbo-Visma m.t.
3 Richie Porte (Aus) Trek-Segafredo 00:00:05
4 Miguel Angel Lopez Moreno (Col) Astana Pro Team 00:00:08
5 Enric Mas Nicolau (Esp) Movistar Team 00:00:15
6 Sepp Kuss (EUA) Team Jumbo-Visma 00:00:15
7 Mikel Landa Meana (Esp) Bahrain McLaren 00:00:15
8 Adam Yates (GBr) Mitchelton-Scott 00:00:15
9 Rigoberto Uran (Col) EF Pro Cycling 00:00:18
10 Alejandro Valverde (Esp) Movistar Team 00:00:24

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL

1 Primoz Roglic (Slo) Team Jumbo-Visma 65:37:07
2 Tadej Pogacar (Slo) UAE Team Emirates 00:00:40
3 Rigoberto Uran (Col) EF Pro Cycling 00:01:34
4 Miguel Angel Lopez Moreno (Col) Astana Pro Team 00:01:45
5 Adam Yates (GBr) Mitchelton-Scott 00:02:03
6 Richie Porte (Aus) Trek-Segafredo 00:02:13
7 Mikel Landa Meana (Esp) Bahrain McLaren 00:02:16
8 Enric Mas Nicolau (Esp) Movistar Team 00:03:15
9 Nairo Quintana (Col) Team Arkea-Samsic 00:05:08
10 Tom Dumoulin (Hol) Team Jumbo-Visma 00:05:12

Fonte: Bike Magazine

Sobre o autor

Avatar

Imprensa FPC

Deixe um comentário