São cada vez mais ciclistas utilizando o serviço da empresa. Assim, foi necessário adaptar os algoritmos do Google Maps para servir também quem usa a bicicleta.

Ao avaliar os dados, a Google notou que realmente houve um aumento da bicicleta e dos transportes alternativos. A pandemia trouxe muitas mudanças para a sociedade e a bicicleta se tornou coadjuvante. A pesquisa da Google revelou que esta mudança levou a um aumento da procura por bicicleta e transportes alternativos de 69%.

Com isso em mente, a Google quer adaptar o Maps a essa nova realidade, e lançou duas novidades.

A primeira vai permitir que as instruções dadas permitam usar ciclovias ou faixas dedicadas à bicicleta, e também ruas adequadas para ela.

Na segunda novidade, a Google vai passar a integrar as bicicletas e patinetes elétricas nas instruções dadas a quem for viajar a pé. Isso vai ajudar a tornar essas viagens mais rápidas e simples.

Essas novidades são bem interessantes para quem pedala, principalmente agora que a bicicleta está mais em evidência do que nunca.

Fonte: Revista Bicicleta

Sobre o autor

Avatar

Imprensa FPC

Deixe um comentário